domingo, 28 de fevereiro de 2010

E você o que você faz para amenizar a tristeza?

Quando a saudade chega



Eu morava numa fazenda e sempre que estava triste ia até meu pequeno jardim de margaridas e flores silvestres e ficava lá, sozinha olhando para as flores. O jardinzinho era modesto e pertinho de minha casa. A noite era lindo ficar no meu lugar especial. As vezes permanecia muito tempo contemplando a lua. O meu pai sempre sabia que eu estava precisando de paz e comentava, já veio confessar suas desilusões ou contar suas alegrias para suas flores. E sempre falava presta atenção na melodia dos passaros e vai se alegrar novamente.




Atualmente quando a tristeza e a saudade de minha pátria chega. Vou ao encontro da natureza para acalmar meu coração




E você o que você faz para amenizar a tristeza?

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Com as flores de tulipas agradeço e faço uma homenagem para a Amiga Valéria Brás

Amigos

Hoje eu quero agradecer toda a atenção de uma amiga no dihitt
a Valéria Brás. Eu aqui do outro lado do mundo me senti muito bem com o carinho e atenção de nossa amiga.
No ano passado eu concorri no site Bookess um livro que fiz com minhas fotos daqui no Japão e graças a todos os meus amigos virtuais o meu livro conseguiu ser o mais visualizado do mês e assim eu consegui ganhar.
Visitando a minha página no Bookess descubro que todos os direitos reservados estão em nome de outra pessoa. O livro que enviaram para mim estava na capa os diretos reservados Em meu nome.
Aqui no Japão já era 20 horas fiquei muito nervosa e escrevi imediatamente
um post para meus amigos no Dihitt. Eu sabia que podia contar com a colaboração de
meus amigos e mais uma vez senti que o dihitt é uma grande família.
A Valéria, Luisa, Fernandes e Maria estavam on line e me deram atenção.
A Valéria procurou informação sobre meu livro entrando em contato com o site e me deu todo apoio. No momento estamos aguardando a resposta.
Eu envio email e não obtenho nenhum retorno da Bookess.
Para mim foi muito importante as palavras apoio e atitude de nossa amiga naquela hora.

Valéria escolhi tulipas para lhe agradecer tanto carinho muito obrigada minha amiga.

Para saber mais sobre o assunto visite
Visite esse post no dihitt

http://www.dihitt.com.br/barra/amigos-estou-precisando-de-ajuda-e-orientacao-sobre-o-livro-que-voces-me-ajudaram-a-ganhar-no-site-bookess






Nunca diga te amo


Nunca diga te amo
se não te interessa.
Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem.
Nunca toque numa vida se não pretende romper um coração.
Nunca olhe nos olhos de alguém se não quiser vê-lo se derramar
em lágrimas por causa de ti.
A coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se
apaixone por você quando você não pretende fazer o mesmo.

Mário Quintana

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Amanhecer




/

Urgentemente



É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.


É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.


É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.


Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer.

Eugénio de Andrade

Amigos estou precisando de ajuda urgente é sobre o livro que vocês me ajudaram a ganhar

Amigos

Os mais antigos aqui no dihiit lembram quando eu elaborei um livro de fotos online.
E que o site Bookess estava fazendo uma promoção de presentear os três primeiros livros mais visualizados no mês de junho do ano passado.
Eu pedi para todos os amigos daqui e do meu orkut para visualizar meu livro lá no site, pois é ganhei. O Livro Templos japoneses foi um dos mais visulizados do mês.
Entendi no site da biblioteca nacional e lá estava tudo registrado Isbn creio que no nome do rapaz, e esse fato passou despercebido por mim Comemorei junto de todos. um sonho realizado, pois não tenho condições financeiras para fazer meu próprio livro.
O bokess demorou para enviar o meu presente. Mandou para o Brasil e minha irmã enviou para mim. Hoje visitando o bookess notei que os direitos não são mais meus e sim de Francis Jonatan de Lima.
Sinceramente não entendi. Os direitos são meus o do Jonatan, pois no livro que recebi consta que são meus e no site o nome desse rapaz. E se alguma editora se interessar em publicar será que posso aceitar se os direitos estão no nome de outra pessoa.


Por favor se vocês tiverem alguma sugestão ou orientação para me dar eu ficarei muito agradecida
de como descobrir isso. Não entendo nada de direitos autorais. Não acuso o site de plágio apenas algo que não entendi mesmo.



<


Fotos do livro que chegou aqui em casa




Agora aparece assim no Bookess

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Descubra seu próprio jardim

Enfeite-se com margaridas e ternuras,
e escove a alma com flores,
com leves fricções de esperança.
De alma escovada e coração acelerado,
saia do quintal de si mesmo
e descubra o seu próprio jardim...


Carlos Drummond de Andrade

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Madrugada no Campo

Com que doçura esta brisa penteia

a verde seda fina do arrozal –

Nem cílios, nem pluma, nem lume de lânguida

lua, nem o suspiro do cristal.



Com que doçura a transparente aurora

tece na fina seda do arrozal

aéreos desenhos de orvalho! Nem lágrima,

nem pérola, nem íris de cristal...



Com que doçura as borboletas brancas

prendem os fios verdes do arrozal

com seus leves laços! Nem dedos, nem pétalas,

nem frio aroma de anis em cristal.



Com que doçura o pássaro imprevisto

de longe tomba no verde arrozal!

- Caído céu, flor azul, estrela última:

súbito sussurro e eco de cristal.



Cecília Meireles

Desejo a você…



Fruto do mato

Cheiro de jardim

Namoro no portão

Domingo sem chuva

Segunda sem mau humor

Sábado com seu amor

Crônica de Rubem Braga

Filme antigo na TV

Ter uma pessoa especial

E que ela goste de você

Música de Tom com letra de Chico

Frango caipira em pensão do interior

Ouvir uma palavra amável

Ter uma surpresa agradável

Noite de lua Cheia

Rever uma velha amizade

Ter fé em Deus

Rir como criança

Ouvir canto de passarinho

Sarar de resfriado

Formar um par ideal

Tomar banho de cachoeira

Pegar um bronzeado legal

Aprender um nova canção

Esperar alguém na estação

Queijo com goiabada

Pôr-do-Sol na roça

Uma festa

Um violão

Uma seresta

Recordar um amor antigo

Ter um ombro sempre amigo

Uma tarde amena

Tocar violão para alguém

Ouvir a chuva no telhado

Vinho branco

Bolero de Ravel

E muito carinho meu.


Carlos Drummond de Andrade

Das pedras





Das pedras



Ajuntei todas as pedras

que vieram sobre mim.

Levantei uma escada muito alta

e no alto subi.

Teci um tapete floreado

e no sonho me perdi.



Uma estrada,

um leito,

uma casa,

um companheiro.

Tudo de pedra.



Entre pedras

cresceu a minha poesia.

Minha vida...

Quebrando pedras

e plantando flores.



Entre pedras que me esmagavam

levantei a pedra rude

dos meus versos.



Cora Coralina

domingo, 21 de fevereiro de 2010

O que é simpatia



O que é simpatia


Simpatia - é o sentimento

Que nasce num só momento,

Sincero, no coração;

São dois olhares acesos

Bem juntos, unidos, presos

Numa mágica atração.



Simpatia - são dois galhos

Banhados de bons orvalhos

Nas mangueiras do jardim;

Bem longe às vezes nascidos,

Mas que se juntam crescidos

E que se abraçam por fim.



São duas almas bem gêmeas

Que riem no mesmo riso,

Que choram nos mesmos ais;

São vozes de dois amantes,

Duas liras semelhantes,

Ou dois poemas iguais.



Simpatia - meu anjinho,

É o canto de passarinho,

É o doce aroma da flor;

São nuvens dum céu d'agosto

É o que m'inspira teu rosto...

- Simpatia - é quase amor!


Casimiro de Abreu

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Namorar é verbo


Namorar é verbo



Namorar é:
Nem sempre perdoar, mas querer e demonstrar, disfarço - disfarçando.
Encontrar-se em cada conciliação sabendo renascer e reviver dentro da mesma relação.
Compreender-se porque se esta junto, mesmo que pese e doa.
Mesmo que venha sendo ou tenha sido difícil.
Redescobrir as mesmas emoções iniciais e as traduzir num olhar diferente ou em uma emoção que já não da para contar.
Provocar sem maldades a outra parte como forma de dela se aproximar. Suspirar.
Sentir inexplicável falta da presença quando ausente, mesmo se incômoda quando presente.
Fazer da impossibilidade o alimento para mais amor guardado; e do amor guardado o abastecimento para o amor exercido.
Reclamar mesmo injustamente, mas para poder ser a sua maneira.
Levar um pedaço de vida que permaneceu durando mesmo quando a relação acabou.
Imaginar o que seria se tivesse sido, mas durou, ainda que por instantes, na fantasia.
Comemorar cada vitória sobre o tédio possível em relações de muitos anos.
Observe atentamente a construção das frases e perceberá que namorar é verbo: poder, querer, demonstrar, encontrar, reviver, compreender, traduzir, provocar, suspirar, fazer, reclamar, levar, imaginar, comemorar.
E verbo é ação...



(Arthur Távola)

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

A você, com amor



A você, com amor


O amor é o murmúrio da terra

quando as estrelas se apagam

e os ventos da aurora vagam

no nascimento do dia…



O ridente abandono,

a rútila alegria

dos lábios, da fonte

e da onda que arremete do mar



O amor é a memória

que o tempo não mata,

a canção bem-amada

feliz e absurda…



E a música inaudível…



O silêncio que treme

e parece ocupar

o coração que freme

quando a melodia

do canto de um pássaro

parece ficar…



O amor é Deus em plenitude

a infinita medida

das dádivas que vêm

com o sol e com a chuva

seja na montanha

seja na planura

a chuva que corre

e o tesouro armazenado

no fim do arco-íris.



(Vinicius de Moraes)

um pouco mais de Vinicius de Moraes

Meu coração



Eu tenho um coração



Que cabe muito amor

É um coração doação

Se assemelha uma flor.



Coração sem maldade

Que apenas sabe amar

Nele não há falsidade

Está sempre a se doar.



Quem dele se aproxima

Encontra repouso e paz

Nele há todo um clima

Harmonia à alma traz.



Coração que está aberto

Como fonte a oferecer

Para os do rumo incerto

Luz a iluminar o viver.



Eu tenho um coração

Que ama gratuitamente

Não fazendo distinção

Desta ou daquela gente.



Aquele que esteja cansado

Achega-se em meu coração

Sentirá por ele abraçado

Aliviará a angustia e tensão.



(Ataíde Lemos)

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Por favor lembre-se de mim como um poeta, e não como um filósofo


Quando eu me for, por favor lembre-se de mim como um poeta, e não como um filósofo.
A poesia precisa ser entendida de maneira diferente — você precisa amar a poesia, e não interpretá-la.
Você precisa repeti-la muitas vezes, de tal modo que ela se misture com o seu sangue, com os seus ossos, com a sua própria medula.
Você precisa recitar poesia muitas vezes, de tal modo que possa sentir todas as nuanças, as suas formas sutis.
Você precisa sentar-se simplesmente e deixar a poesia entrar em você, para que ela passe a ser uma força viva. Você a digere e depois se esquece dela; ela entra cada vez mais fundo e o transforma.
Deixe que eu seja lembrado como um poeta. É claro — não estou escrevendo poesias em palavras. Estou escrevendo num veículo mais vivo — em você. E é isso que toda a existência está fazendo.

Osho

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

O tempo que temos


O tempo que temos



Estamos todos aqui neste planeta como turistas

Nenhum de nós pode viver aqui para sempre

O mais longe que podemos viver é cem anos



Então, enquanto estamos aqui deveríamos tentar ter um

bom coração e fazer algo útil e positivo de nossas vidas

A coisa mais importante é ser um bom ser humano



Nós somos visitantes neste planeta

Ficamos aqui por noventa, cem anos no máximo

Durante este tempo,deveríamos tentar fazer alguma coisa boa

fazer algo útil com nossas vidas



Tente estar em paz consigo mesmo

e ajude os outros a compartilhar desta paz

Se você contribuir para a felicidade de outras pessoas

encontrará a verdadeira meta,o verdadeiro sentido da vida



A tarefa do homem é ajudar os outros

Este é o meu ensinamento mais constante

esta é a minha mensagem

É a minha crença

Como é bom ser bom !


Dalai Lama

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Os ventos




"Os ventos que, às vezes,

tiram algo que amamos

São os mesmos que nos trazem

algo que aprendemos a amar

Por isso, não devemos chorar
pelo que nos foi tirado

E sim, aprender a amar

o que nos foi dado.

Pois, tudo aquilo que é

realmente nosso

Nunca se vai para sempre."


Fernando Pessoa

Foto e arte- Rose Nakamura
Tema - Vento no Campo de Íris

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

que Jamais se apague em mim, a Luz Divina que Norteia minha Alma. Homenagem para Eu sei.



Hoje o escolhido para ser homenageado é nosso amigo Jayme Bueno o - Eu sei

Escolhi imagens da natureza para fazer essa singela homenagem
Imagino que nosso amigo atravessa uma linda ponte



Visitando nossos blogs que estão espalhados pelo mundo todo

Atravessa estações.



Até chegar e deixar um lindo comentário
uma observação que faz muito bem
ao nossos corações
Obrigada Jayme
pela sua amizade
bjs
Rose Nakamura

Valorizando a familia - Homenagem ao blog da Bruninha






Olá amigos

Eu adoro mostrar meus dias aqui no Japão
e conhecer um pouquinho de cada um de vocês.
Hoje escolhi para homenagear o blog
da Bruninha.
Ela sempre faz lindas postagens
de suas poesias além de mostrar com
muito carinho os membros de sua familia.
Parabéns Bruninha e continue sendo assim
uma pessoa maravilhosa.

Rose Nakamura

Vamos conhecer o blog

Estabilidade emocional

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

O blog que me faz sonhar - Homenagem para Tapajônica

Eu estou longe do nosso Brasil
e sinto saudade e muitas vezes quando acontece eu vou visitar
esse blog e fico sonhando com as paisagens do Brasil.
Rose Nakamura


Hoje minha homenagem é para minha amiga
Marilene Silva


Vamos conhecer o blog

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Mensagens diversificadas






Hoje quero fazer uma homenagem para uma amiga
que tem se destacando muito aqui no dihitt e
trazendo muitas dicas para todos nós. Uma pessoa
que sabe cativar e ser especial sempre pronta para auxiliar
quando precisamos. Minha homenagem é
para Edilene




Vamos conhecer
mensagens diversificadas


Para seu dia tornar-se mais bonito trouxe muitas flores para você

Não reclamar da vida.





Conta-se que um rei foi certa manhã ao seu jardim e encontrou as plantas murchando e morrendo. Perguntou ao carvalho que ficava junto ao portão o que significava aquilo. Descobriu que a árvore estava cansada de viver porque não era alta e elegante como o pinheiro. O pinheiro, por sua vez, estava desconsolado porque não produzia uvas como a videira. A videira ia desistir da vida porque não podia ficar ereta e nem produzir frutos delicados como o pessegueiro. O gerânio estava agastado porque não era alto e cheiroso como o lírio. O mesmo acontecia com todo o jardim. Chegando-se ao amor-perfeito, encontrou sua corola brilhante e erguida alegremente como sempre. "Muito bem meu amor-perfeito, alegro-me de encontrar no meio de tanto desânimo uma florzinha corajosa e feliz. Você não parece nem um pouco desanimado". "Não, não estou! Eu não sou de muita importância, não sou grande nem forte, não tenho beleza ou perfume, mas apenas achei que se no meu lugar nosso Deus quisesse um enorme carvalho, um pinheiro, um pessegueiro ou um lírio, Ele teria plantado um deles; mas sabendo que o Senhor Deus queria um amor-perfeito, estou resolvido a ser o melhor amor-perfeito que posso".



Lettie Cowman

Flores, poema e música para desejar uma linda semana para todas nós mulheres


Saber Viver


Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura... Enquanto durar

Cora Coralina

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Este blog é um docinho - selinho

selinho








Este blog é um docinho.

fotografei de uma doceria japonesa


As regras
passar para 10 amigas
e contar um lindo momento em sua vida

O meu doce momento - foi esse o reencontro com meu filhinho- Kauê Shinji
que ficou no Brasil, por sete meses quanto vim aqui no Japão para trabalhar pela primeira vez. Hoje estamos juntos e felizes.

Aqui nosso reencontro.




Amigas que indico

Maria
Vera
Sissy
Edilene
Leila
Luísa
Claudinete
Lilian
Márcia
Denize

Dihitt




É a beleza que começa a agradar e a ternura completa o encanto.

Bernard Fontenelle


Completei um aninho no dihitt. E fiquei muito feliz com todas as visitas e comentários
Agradeço a todos os amigos.
Muito obrigada
beijos

Rose Nakamura

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Um aninho no diHitt - imagens falam por mim

Um aninho no diHitt - imagens falam por mim

Texto e imagens
Rose Nakamura

Olá amigos

Eu estou completando um ano aqui no dihitt.


Aprendi e me emocionei várias vezes.
Quando a Maria fez uma linda homenagem no meu aniversário. No momento não consegui achar o link.
Na ocasião eu estava ausente, pois fiquei afastada um mês por motivo de mudança de apartamento. E quando retornei fiquei muito feliz com a surpresa.


Emocionei também quando perdi minha única amiguinha aqui no Japão e vocês me deram forças. Jamais esquecerei dos comentários deixados neste tópico.

Uma gatinha me aproximou de Deus


Outro momento importante para mim foi quando estava próximo de um tufão chegar em minha região e escrevi este tópico e meus amigos me deram uma palavra de conforto.
Tufão

Eu não falo somente de flores eu tento passar um pouco da cultura fascinante deste país onde vivo. tenho um blog chamado Terra do Sol Nascente, lá eu tento passar um pouco do que vivo e presencio aqui. Falo também das dificuldades que passei na minha vida de operária e das alegrias ao lado de meu filho. No blog Angel.Rose passo minhas experiências por aqui.
Tenho também meu livrinho on line
Templos Japoneses

Eu tenho certeza que vocês sabem como é enfrentar um mundo desconhecido longe de todos. Por isso considero todos como minha família.
Para mim que estou distante do Brasil a presença de cada um na minha vida é importante






Para minha familia dihitiana

Quando tudo era ausência



vocês apareceram
trazendo luz e colorindo meus dias



Quando tudo parecia que era só espinhos



Vocês me trouxeram a paz



Quando tudo parecia que ia desmoronar


Vocês me mostraram
Um caminho bonito para continuar seguindo




Quando meu coração já estava frio


Vocês mostram que a primavera chegará
E meus dias ficarão mais alegres



Obrigada por tornarem meus dias mais doces e alegres





Para vocês todo o meu carinho. Muito Obrigada


Agradeço a Claudine
que fez esse selinho para comemorar meu primeiro aninho no diHitti

Visite- Mira Fotos

Seguidores

Faça parte deste jardim