sexta-feira, 3 de abril de 2009

Parei as águas do meu sonho



Foto - Rose Nakamura
Parei as águas do meu sonho

Parei as águas do meu sonho
para teu rosto se mirar.
Mas só a sombra dos meus olhos
ficou por cima, a procurar...

Os pássaros da madrugada
não têm coragem de cantar,
vendo o meu sonho interminável
e a esperança do meu olhar.

Procurei-te em vão pela terra,
perto do céu, por sobre o mar.
Se não chegas nem pelo sonho,
por que insisto em te imaginar?

Quando vierem fechar meus olhos,
talvez não se deixem fechar.
Talvez pensem que o tempo volta,
e que vens, se o tempo voltar.

Cecília Meireles

5 comentários:

  1. O nome Cecília Meireles já é sinônimo de belos escritos juntados a esta sua foto, formou uma dubla maravilhosa, parabéns pela escolha do poema e de sua foto.
    A paz

    ResponderExcluir
  2. Amiga Rose que maravilha de trabalho, cada vez que volto para olhar "Fotosflores..", fico muito feliz e melhor! Seu trabalho é ótimo, post com Cecília Meireles muito bem escolhido, lindo poema, encantador! Parabéns. São Francisco de Assis costumava dizer; "Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível." Por isso considero a vida uma oportunidade impar. Cada pessoa que passa em nossa vida não passa sozinha, por ser única, deixa um pedaço de si e leva um pedaço de nós. Quero de coração agradecer sua bondade e gentileza por; visitar-me, deixar comentário e seguir; agradeço de coração sua generosidade. Encontraremo-nos sempre por aqui. Obrigadooo!!! Tb quero desejar um feliz e divertido fim de semana. Muito brilho, sucesso e paz. Fique com Deus.
    Volte sempre!
    Valdemir Reis

    ResponderExcluir
  3. Bom dia querida amiga Rosemeire!

    Linda composição fotográfica e edificante texto. Mais do que uma poesia... Viva a grande obra de Cecília Meireles! Uma reflexão!

    Tenha uma semana abençoada!
    Luz & Paz! Renato

    ps. Estou levando o seu link comigo para guardar "suas flores" no Quiosque Azul. Obrigado + 1 bj!

    ResponderExcluir
  4. Lindo poema este! Estamos sempre a aguardar que algúem chegue e quando a saudade aperta, só o sonho pode "trair" temporariamente essa longa espera...
    Rose: Uma Páscoa Feliz!
    Susana

    ResponderExcluir

Não estamos aceitando comentários anônimos

Visite- Mira Fotos

Seguidores

Faça parte deste jardim