terça-feira, 20 de abril de 2010

Dor-de-cotovelo



Deve ser tratada com dignidade.

Não é virose,

epidemia ou artrose,

nem mesmo falha de envelhecimento.

Independe da idade.



Costuma dar a sensação

de um escuro profundo,

onde a luz não chega,

onde a esperança é cega

e nossa estima é o rodapé do mundo.



Não acredite !

Como esse mal não transmite

nenhum perigo fatal,

poder ser prazeroso o colo de um amigo,

um abraço forte, como abrigo,

uma palavra doce,

um cafuné.



Acima de tudo, que se mantenha a fé.

Muito pior do que passar por isso

é sonegar emoção,

evitar o risco e o compromisso,

esconder-se atrás das grades da razão.



Quem hoje por amor está sofrendo,

Só por amar, já merece estar vivendo.



                                                                   Flora Figueiredo

11 comentários:

  1. Lindo poema, como sempre uma escolha, de muito bom gosto.

    Eu tenho uma receita para dor-de-cotovelo também. Se amar o bastante e não perder a fê em Deus jamais.

    Um forte abraço, querida! :-)

    ResponderExcluir
  2. Oii Rose!
    Adoei o poema e a foto, que retrata bem o conteudo do texto.Já senti varias vezes dores de cutuvelo e conseguir sobreviver, pois acima de tudo temos que nos amar e ver que o mundo nao parou que tem varias pessoas em volta que querem nosso bem.
    Bjs e boa noite

    ResponderExcluir
  3. Como sempre...rs...lindo! Já estou ficando repetitiva! Mas você não me dá alternativas!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Amiga adorei o poema, parabéns pela escolha e partilha.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  5. Saudações Rose,

    Um poema fascinante! Confesso que que a foto me agradou bastante, lembra a capa do meu livros, Rs.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. "esconder-se atrás das grades da razão" dor de cotovelo causa muito isso nas pessoas...Ah,e como causa.
    E a ultima parte é a minha cara, ahahahha
    nao tem nada mais completo em sentidos do que amar. Como diz Flora, só em amar, já é viver.
    E eu amo...amo...amo muito...Isso que gera a felicidade e dá um "chega pra lá" na dor de cotovelo, e dos trites invejosos tb.
    bjao

    ResponderExcluir
  7. Acho que a melhor receita para dor de cotovelo é olhar pra frente e partir pra outra.

    Adorei o texto e essa foto está incrível!

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Sou do seguinte pensamento:dor de cotovelo dá e passa;Não adianta sofrer pelo que naum tem jeito.
    Bjos
    Cecil

    ResponderExcluir
  9. Que lindo poema da Flora Figueiredo. Adorei.
    "Pior do que passar por isto, é sonegar emoção, evitar o risco e o compromisso..." Não sofro deste mal( rsrs..)
    Bj,Vera.

    ResponderExcluir
  10. Bravo!Sem comentarios, quando sair um 4 de copas no meu blog, ou 5 tambe, cartas que falam dessa coisa de angustia, de tristeza, dor de cotovelo, quero por esse texto, demais, nota 10!
    Se permitires claro,bjs!

    ResponderExcluir

Não estamos aceitando comentários anônimos

Visite- Mira Fotos

Seguidores

Faça parte deste jardim