quarta-feira, 3 de março de 2010

Agradecendo todos os amigos

Eu passei o inverno votando postando e comentando. Conheci muitos blogs, aprendi muitas coisas, troquei idéias com muitos amigos, ri e me emocionei. O dihitt é meu elo com o mundo é espaço que procuro navegar em paz



O inverno no Japão

O inverno no Japão como todos os anos foi intenso, porém para mim foi melancólico e triste. Eu senti falta dos meus amigos que voltaram para nossa terra e de outros estrangeiros que partiram. No fundo do meu coração fiquei feliz por eles que estarão juntos dos seus entes queridos e vivendo nos seus países de origem.
No inverno os dias tornam-se cinzentos e parece que estamos a um passo de entrar numa crise de depressão. Confesso que lutei para enfrentar esse inverno rigoroso sem que afetasse minha alma. Sei que muitas vezes eu senti como essa florzinha da foto.



Agradeço a companhia

Eu passei o inverno votando postando e comentando. Conheci muitos blogs, aprendi muitas coisas, troquei idéias com muitos amigos, ri e me emocionei. O dihitt é meu elo com o mundo é espaço que procuro navegar em paz.
Procuro não fazer tantos questionamentos apenas agradeço a direção do dihitt que nos proporciona esse espaço.
Homenagear alguém ou agradecer para mim é algo natural já que desde criança aprendi abençoar todas as pessoas que passam pela minha vida.
Eu me dediquei muitas horas ao site e com muito carinho, pois aqui sempre sou bem recebida e respeitada. Não tenho nada para reclamar, nem do funcionamento do site, nem do comportamento das pessoas. Aceito bem as diferenças. Procuro respeitar para ser respeitada.
Acredito que todos evoluímos e renovamos, cada dia um pouco. Aqui tem pessoas iluminadas, cultas, carinhosas e prestativas. O ser humano tem seu lado bom e eu sempre procuro enxergar esse lado e também sempre faço despertar o lado abençoado que todos possuem. Fiz amizade importante para o meu crescimento como pessoa e me fizeram crescer e fazer recomeçar sempre.
Indiquei noticias que gostei, conversei com muitos amigos enquanto comentava, algo que tenho muita facilidade é fazer amizade, aceito as diferenças aprendi aqui no Japão. Eu recebi novos amigos, participei das primeiras noticias de outros. Prestei atenção nos sentimentos das pessoas que passavam por aqui. Acho importante apoiar sempre pois quando precisei sempre tive alguém para me estender as mãos.
Foi uma experiência incrível para mim. Fico contente pois sei que pude ajudar pessoas com minhas palavras, e também orientar algumas que chegavam.
Continuarei postando, deixando claro que não com a mesma intensidade, porém estarei por aqui e trazendo muitas fotos e noticias deste lado do mundo.
O Japão é maravilhoso e inspirador, basta saber respeitar as tradições e comportamento desse país que é mágico e envolvente que aprendi a respeitar e por que não dizer amar.
O inverno foi triste, talvez por que minha alma estava triste mas sempre procuro me ser feliz.

Aqui ainda chove e faz frio e chove. A flor amor perfeito ainda está espalhada pela
cidade


Meu livro

Meu objetivo é elaborar meu livro com minhas fotos juntamente com meus pensamentos, pequenos contos e poesias. O projeto já esta em andamento e pretendo terminar até o final deste ano. Para isso preciso de tempo, para terminar de selecionar fotos, sair de minha casa para escrever . Procurar me informar certinho de como funciona o registro do livro e outros detalhes.
Este é um dos motivos que deixo claro que vou diminuindo aos poucos minha participação aqui. Vou continuar postando, votando e comentando, talvez não com tanta intensidade, pois
O sol começou brilhar e olha quem me espera lá fora.

Hoje pela minha surpresa sai as ruas ...

O Japão torna-se cor de rosa




Para minha felicidade hoje pela manhã sai às ruas e encontrei as primeiras flores de cerejeiras, sinal que o inverno está passando. O meu coração ficou muito feliz
Pois é tempo de sair de casa, pedalar, voltar fazer exercícios físicos, descobrir novos lugares para fotografar, escrever e curtir cada minutinho com meu filho que terá um período curto de férias escolares, porém com muitas lições de casa para acompanhá-lo. Para depois começar o ano letivo cursando o segundo ano. Uma linda vitória dele, pois sei o quanto é difícil estudar no escuro rsrs. Sim no escuro pois entende somente a metade do que é passado na sala de aula e muitas vezes é tão difícil de se aproximar dos coleguinhas.
Meu filho já nasceu um vencedor. Agradeço e peço a Deus que continue dando forças para ele e iluminando seu lindo coraçãozinho.




Tempo de renovação Ave Maria sempre


da amiga
Rosemeire Nakamura

15 comentários:

  1. Rose, que post emocionante!
    Fico pensando como deve ser difícil viver fora do seu país, longe dos familiares, dos amigos, dos costumes, da culinária, do clima. Imagino que tudo faz falta.
    Mas em contra partida, você tem uma familia linda, sensibilidade e talento para escrever e fotografar. E tem amigos em cada cantinho do planeta...Não é maravilhoso!. A internet nos proporciona esse fenômeno. Descobrimos afinidades, empatia, e a conversa flui como se a distância não existisse.
    Sei que os amigos do Dihitt lhe ajudaram a atravessar esse inverno, e agora também vai colher as cerejeiras com você!
    Seja feliz, sempre!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Você é uma vencedora e certamente seu filho colherá todos esses frutos que você plantou e continua a plantar para o futuro. Sua história é um exemplo para todos nós. Tudo vale a pena quando fazemos de coração.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que pena sentirei saudades, espero que vc tenha gostado do meu blog, goto muito do seu e que seu sonhos venham a se realizar, que vc e sua família sejam bastante felizes.

    Sentirei saudades e que seu livro seja o maior sucesso, quando estiver pronto me avisa quero um.

    meu e-mail: Bruna-bbs@hotmail.com

    Abraços e fique com Deus

    ResponderExcluir
  4. Boa sorte !
    Publicou ??
    Avise !
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  5. Rose,

    Adorei o teu artigo. Emocionante.

    Beijinhos grandes
    Luísa

    ResponderExcluir
  6. Olá querida amiga Rose,

    Teu post é maravilhoso, cheio de sentimento, emoção, alegria, até um pouco de ansiedade pelo novo rumo que vais dar à tua vida, com o livro a ser editado.
    Todo dia nos alegramos com tuas fotos, poemas, informações e vídeos, assim, também nós agradecemos tua dedicação e atenção para conosco.

    Sejas feliz sempre, com tua linda família e aqui, estaremos com o coração e braços abertos para acolher-te, todas as vezes que vieres.
    Muito sucesso com o teu livro.
    Beijos amada e fiques com a graça e o amor de Deus.
    Carinhoso e fraterno abraço,
    Lilian

    ResponderExcluir
  7. Gente se despedindo e eu ainda chegando, conhecendo, me familiarizando. Rose, eu amo viajar. Nasci em Angola, na África. Qdo rebentou a guerra (foram + de 30 anos) estivemos refugiados em Portugal. As pessoas falam q é a mesma coisa, me chamavam aqui no Brasil de portuguesinha mas Portugal e Angola chegam a ser quase tão diferentes qto Japão e Europa (África e Europa iguais?). Por causa da guerra minha família se espalhou pelo mundo, tenho inclusive um irmão no Japão, irmã na Inglaterra, primas na Suíça, França, Equador, Portugal e meus pais em Angola. Em Portugal a vida foi muito difícil, dependíamos de ONGs para vestir e comer, os portugueses nos xingavam na rua, nos ônibus. O cenário não ajudava. Íamos prás aulas qdo ainda era noite, a chuva constante e a pobreza estava por toda a parte. Foi uma adolescência difícil. Mas sou produto de todas as experiências, lugares onde vivi e pessoas q conheci. Tudo valeu a pena. Continuo sendo a mesma sonhadora q curte desvendar o ser humano e o Universo, que detesta fronteiras, as físicas e culturais, detesto também pré-julgamentos e evito, me policio mesmo, julgar alguém, porque sei q temos todos potencial para sermos criaturas iluminadas. Hoje estou em paz.

    ResponderExcluir
  8. Oi Rosemeire,

    Não se deixe levar pela tristeza do inverno, pelo contrário aproveite para ver a beleza do frio, sentir o gostinho de chás novos e xóticos, afinal ai no Japão existem os melhores chás... vou te passar depois uma recita de uma sopa surpresa que alegra qualquer inverno, por mais gelido que seja.

    Fique com Deus

    muita luz para você,

    beijokas

    Gabriela Braga
    www.cozinhadalenita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Que delícia essas palavras. Admiro muito você e claro, estarei sempre a sua espera nas noticias e fotinhas novas. Bjux e sucesso, linda!

    ResponderExcluir
  10. Rose,

    Desde de manhã que estou com o seu Blog aberto para responder, mas confesso que hoje foi um dia muito ruim pra mim, pois estou muito ansiosa e muito nervosa com a viagem da Lú, e somente agora é que estou aqui.

    Sua postagem é emocionante, e seu texto dispensa comentários.

    Você é uma pessoa muito iluminada minha amiga, e tenho certeza que conseguirá editar seu livros e espalhar para o mundo suas belas flores e paisagens fotografadas.

    Que Deus te ilumine e proteja sempre.

    Bjs.

    Ro.

    ResponderExcluir
  11. ROSE, mesmo longe do seu pais, vc vive junto de nós, atraves das suas fotos, poesias, e comentarios, fico muito feliz de ver uma brasileira em outra parte do mundo nos representando.
    beijos.

    ResponderExcluir
  12. Rose, querida, linda postagem. Como o Japão fica lindo assim florido! O lugar onde está seu filhinho é maravilhoso. Eu percebo que ele será um grande homem, pq está aprendendo com vc, provalvemente com o pai tambem, a perceber a beleza da vida apenas olhando com delicadeza.

    beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá Rose querida!
    Lindo e emocionante o teu artigo.
    Com certeza és iluminada e todos que tem a oportunidade de te conhecer um pouquinho e trocar comentários contigo sabem o quanto você é especial e engrandece o ambiente.
    Mesmo que diminua o ritmo tente não parar de incluir teus lindos posts recheados de belas flores, lindos textos e fotos de família.
    Eu me sinto visitando a amiga e o Japão através dos teus lindos posts.
    Beijo grande no coração, Fernandez.

    ResponderExcluir
  14. vc é legal e muito especial
    te adoro
    amiga
    ;)

    ResponderExcluir
  15. Claro que seu filho é um vencedor, e mesmo que não o seja sempre, pois é bom perder algumas vezes para nos acostumarmos a não querer ser perfeitos, ele será um vencedor porque não desistirá de sentir a vida e aprender, como você, não é?
    Que bom que você vai publicar um livro.Era o meu sonho... no futuro vou me dedicar a descobrir o que devo fazer para conseguir realizá-lo. Parabéns Rose, e que bom que ficou por aqui...
    Beijo,Vera.

    ResponderExcluir

Não estamos aceitando comentários anônimos

Visite- Mira Fotos

Seguidores

Faça parte deste jardim