sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Meu coração



Eu tenho um coração



Que cabe muito amor

É um coração doação

Se assemelha uma flor.



Coração sem maldade

Que apenas sabe amar

Nele não há falsidade

Está sempre a se doar.



Quem dele se aproxima

Encontra repouso e paz

Nele há todo um clima

Harmonia à alma traz.



Coração que está aberto

Como fonte a oferecer

Para os do rumo incerto

Luz a iluminar o viver.



Eu tenho um coração

Que ama gratuitamente

Não fazendo distinção

Desta ou daquela gente.



Aquele que esteja cansado

Achega-se em meu coração

Sentirá por ele abraçado

Aliviará a angustia e tensão.



(Ataíde Lemos)

10 comentários:

  1. Que poema lindo..
    todo coração deveria ser sem maldade..
    bjo

    ResponderExcluir
  2. Lindo, Rose!
    Adorooooo as suas fotos de flores ;))
    E poesia, nem precisa falar o quanto gosto, não é ;)

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Linda poesia Rose.
    Todo coração deveria ser só amor.

    ResponderExcluir
  4. Olá Rose!

    Uma linda foto para um belo poema!

    Beijos
    Luísa

    ResponderExcluir
  5. que o seu coração perpetue sempre assim.

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Mateus 5:8 Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;

    ResponderExcluir
  7. Olá amiga Rose!
    Que foto deslumbrante! Muito linda!
    O poema também é bonito... mas a flor... estou até agora hipnotizado. :-)
    Beijo grande, Fernandez.

    ResponderExcluir
  8. Rose... que coração mais lindo!!!!!
    Amei a foto.... parece estar próxima, dá vontade de tocar!
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  9. Rose,

    Este poema parece ter sido feito pra vc. É esta a imagem que vc nos passa...

    bjs

    ResponderExcluir

Não estamos aceitando comentários anônimos

Visite- Mira Fotos

Seguidores

Faça parte deste jardim