quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Liberdade


Será liberdade
aquele vôo de águia
de uma simples
folha seca?

Que poder tenho eu
sobre o dom da liberdade
de uma simples
borboleta?

Liberdade é assim:
sai o perfume da flor
mas a flor não sai
de mim...


Afonso Estebanez

4 comentários:

  1. Lindo Rose! Parabéns pelo lindo poema. Também com essas maravilhas de imagens que vc nos apresenta, só pode dá em inspiração.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Rose,

    Parabéns por mais esta foto e este lindo poema.

    Todas as coisas da natureza nos remetem à liberdade... Liberdade para mara, sonhar, pensar, falar, agir e sonhar...

    Adorei!

    Bjs.

    Rosana.

    ResponderExcluir
  3. Não sei porque Rose isso me fez lembrar um livro que li sobre a segunda guerra mundial. Um prisioneiro de um campo de concentração dizia, que o inimigo podia ter-lhe tirado tudo que possuía, mas era incapaz de roubar-lhe a essência, o pensamento. E era ali, em pensamento, que ele era livre.

    ResponderExcluir
  4. Lindo Rose e extremamente profundo.
    E que foto linda desta flor.
    Beijo no coração

    ResponderExcluir

Não estamos aceitando comentários anônimos

Visite- Mira Fotos

Seguidores

Faça parte deste jardim