quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Ser poeta



Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Áquem e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de ouro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Florbela Espanca

11 comentários:

  1. Lindo Rose! Essa flor tão arrumadinha, parece ter sido recortada com tesoura no papel de seda...

    um abraço

    ResponderExcluir
  2. Lindo poema.. Ser poeta é tirar da alma o sentimento mais profundo que existe em palavras expressar tal sentimento que estima, fazendo com que se compartilhe ao extremo o amor... não só o amor, mas o que tem no sentimento sendo o que for!!! Beijos adorei o poema...

    ResponderExcluir
  3. Este poema de Florbela é um dos que eu mais gosto. Lindo.
    É cantado pelo Luís Represas e se quiseres ouvir está aqui: http://www.youtube.com/watch?v=VJaNP_jzHRk

    Beijocas
    Luísa

    ResponderExcluir
  4. Oh Loco! Será que da pra eu virar "poeta"?

    ResponderExcluir
  5. Ser poeta é ter a alma livro. Adorei o poema, adoro Florbe.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Saudações!
    Que Post Fantástico!
    Amiga Rose, um escolha de alto nivel...Ser poeta é conhecer a linguagem da alma!
    Parabéns pelo Post!
    Abraços,
    LISON.

    ResponderExcluir
  7. Lindo poema que reflete bem o que é SER POETA..conheço alguns assim aqui mesmo no site.
    Adorei,Beijos
    Márcia Canêdo

    ResponderExcluir
  8. Rose... que poesia linda... escolha de primeira linha!
    Ser poeta e tirar da alma a alma do outro.
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  9. Rose, a poesia é gerada no mais intimo de uma pessoa, ela traz o que é de mais belo, e inocente, assim quando é tirada de dentro de nós e colocada no papel, fica assim, simplesmente maravilhosa, parabéns,

    Herminio Neves.

    ResponderExcluir
  10. Olá Querida amiga Rose Nakamura,

    Que poesia maravilhosa!

    Parabéns pela postagem, mas devo lhe dizer uma coisa, este fundo vermelho da dor nas vistas de ler querida amiga.

    Muito Legal este seu Blog!

    Grande Abraço;
    Lauro Daniel

    ResponderExcluir
  11. Olá querida amiga Rose,

    Parabéns pelo post.

    Muito linda a flor da foto, parece que sinto o seu perfume, tão exposta está aos olhos.

    O soneto é lindo e seus versos expressam o amor que o poeta tem no coração.

    Carinhoso e fraterno abraço,
    Lilian

    ResponderExcluir

Não estamos aceitando comentários anônimos

Visite- Mira Fotos

Seguidores

Faça parte deste jardim